Visualizar praia em um mapa maior

sábado, 29 de abril de 2017

27.04.2017 MUDANÇAS DA REFORMA TRABALHISTA .

MUDANÇAS DA REFORMA TRABALHISTA:
As férias poderão ser parceladas em três vezes ao longo do ano;
Será permitido, desde que haja acordo, que o trabalhador faça até duas horas extras por dia de trabalho;
A contribuição sindical, hoje obrigatória, passa a ser opcional;
Patrões e empregados podem negociar, por exemplo, jornada de trabalho e criação de banco de horas;
Haverá multa de R$ 3 mil por trabalhador não registrado. No caso de micro e pequenas empresas, o valor cai para R$ 800.
O trabalho em casa (home office) entra na legislação e terá regras específicas, como reembolso por despesas do empregado;
Juízes poderão dar multa a quem agir com má-fé em processos trabalhistas.
O que poderá ser alterado por acordo entre empresários e trabalhadores:
Pacto quanto à jornada de trabalho, observados os limites constitucionais;
Banco de horas anual;
Intervalo intrajornada, respeitado o limite mínimo de trinta minutos para jornadas superiores a seis horas;
Adesão ao Programa Seguro-Emprego
Plano de cargos, salários e funções
Regulamento empresarial;
Representante dos trabalhadores no local de trabalho;
"Teletrabalho”, ou home office e trabalho intermitente;
Remuneração por produtividade, incluídas as gorjetas e remuneração por desempenho individual;
Modalidade de registro de jornada de trabalho;
Troca do dia de feriado;
Enquadramento do grau de insalubridade;
Prorrogação de jornada em ambientes insalubres, sem licença prévia do Ministério do Trabalho;
Prêmios de incentivo em bens ou serviços;
Participação nos lucros ou resultados da empresa.
O que não é permitido negociar por acordo coletivo, supressão ou redução dos seguintes direitos:
Normas de identificação profissional, inclusive as anotações na Carteira de Trabalho e Previdência Social;
Seguro-desemprego, em caso de desemprego involuntário;
Valor dos depósitos mensais e da indenização rescisória do FGTS;
Salário-mínimo;
Valor nominal do décimo terceiro salário;
Remuneração do trabalho noturno superior à do diurno;
Proteção do salário na forma da lei;
Salário-família;
Repouso semanal remunerado;
Remuneração do serviço extraordinário superior, no mínimo, em 50% à do normal;
Número de dias de férias devidas ao empregado;
Gozo de férias anuais remuneradas com, pelo menos, um terço a mais do que o salário normal;
Licença-maternidade com a duração mínima de 120 dias, com extensão do benefício à funcionária que adotar uma criança;
Licença-paternidade nos termos fixados em lei;
Proteção do mercado de trabalho da mulher, mediante incentivos específicos;
Aviso prévio proporcional ao tempo de serviço, sendo no mínimo de 30 dias;
Normas de saúde, higiene e segurança do trabalho;
Adicional de remuneração para as atividades penosas, insalubres ou perigosas;
Aposentadoria;
Seguro contra acidentes de trabalho, a cargo do empregador;
Ação, quanto aos créditos resultantes das relações de trabalho, com prazo prescricional de cinco anos para os trabalhadores urbanos e rurais, até o limite de dois anos após a extinção do contrato de trabalho;
Proibição de qualquer discriminação no tocante a salário e critérios de admissão do trabalhador com deficiência
Proibição de trabalho noturno, perigoso ou insalubre a menores de 18 anos e de qualquer trabalho a menores de 16 anos, salvo na condição de aprendiz, a partir de 14 anos;
Medidas de proteção legal de crianças e adolescentes;
Igualdade de direitos entre o trabalhador com vínculo empregatício permanente e o trabalhador avulso;
Liberdade de associação profissional ou sindical do trabalhador;
Direito de greve;
Definição legal sobre os serviços ou atividades essenciais e disposições legais sobre o atendimento das necessidades inadiáveis da comunidade em caso de greve;
Tributos e outros créditos de terceiros;
Proibição de anúncio de emprego que faça referência a sexo, idade, cor ou situação familiar, salvo quando a natureza da atividade exigir, além da vedação a recusa de emprego, promoção ou diferença salarial motivadas por essas características;
Proibição de que o empregador exija atestado para comprovação de esterilidade ou gravidez, além de proibição da realização de revistas íntimas em funcionárias;
Proibição de que uma mulher seja empregada em serviço que demande força muscular superior a 20 quilos para o trabalho contínuo, ou 25 quilos para o trabalho ocasional;
Autorização para mulher romper compromisso contratual, mediante atestado médico, se este for prejudicial à gravidez;
Repouso remunerado de duas semanas em caso de aborto não criminoso;
Dois descansos diários de meia hora cada para mulheres lactantes com filho de até seis meses;
Exigência de que os locais destinados à guarda dos filhos das operárias durante o período da amamentação deverão possuir, no mínimo, um berçário, uma sala de amamentação, uma cozinha dietética e uma instalação sanitária.

www.sositaguare.blogspot.com

INFRAVERMELHO NA COLUNA LOMBAR NUM JOVEM COM 85 PRIMAVERAS .

Como nao existe consenso mundial sobre a indicação e evolução de tratamento cirúrgico, novas técnicas tem sido criadas e tem indicação absoluta para atletas e pacientes que nao desejam serem operados. Um exemplo é a técnica de descompressão articular denominada SpineMED. Trata-se de uma máquina computadorizada e configurada conforme o nível da patologia de cada paciente, tratando assim o ângulo de descompressão exata.
O aparelho possui um sistema de pistão com infravermelho que avalia a cada 2,5 milissegundos contrações de espasmos musculares durante a descompressão. Possui um sistema restritivo de pelve listada no FDA, CE, Anvisa, Inmetro. Os estudos recentes deste procedimento mostram taxa mundial de sucesso no tratamento de 86%.
Aparentemente, a máquina aumenta a difusão osmótica do disco, aumentando a quantidade de proteína e água que o disco degenerado perdeu. Com o disco mais nutrido e preparado para sobrecargas, existe a possibilidade de regressão de uma hérnia de disco. Estudos futuros determinarão os efeitos biológicos deste novo método de tratamento.
Felizmente, a grande maioria das pessoas melhoram com o tratamento conservador (não cirúrgico) e isso envolve a fisioterapia, que engloba terapias manuais, eletroterapiaacupunturahidroterapiapilatestreinos funcionais; medicamentos como analgésicosanti-inflamatórioscorticoidesmorfina; repouso; compressas, etc. Isso tudo, além de correções posturais e perda de peso.
Como o disco intervertebral é um tecido desprovido de vasos sanguíneos, espera-se que a cicatrização de uma lesão leve de seis a oito meses em média, sendo que alguns casos podem levar até cinco anos. Nos poucos casos em que a evolução nao seja favorável ou em atletas profissionais que nao possam ficar afastados do esporte por um longo período, são realizados alguns procedimentos invasivos, como infiltrações, retiradas de hérnias por microscópio, cauterização do disco (radiofrequências) ou até cirurgias mais invasivas como próteses de disco e a fusão da coluna por placa e parafuso.
De janeiro a novembro do ano passado, o sintoma foi motivo para 46.953 entradas na rede pública em todo o Brasil. A média foi a mesma de 2012, quando 51.517 pessoas foram diagnosticadas com esse tipo de problema em hospitais públicos. Os dados são do Ministério da Saúde. Segundo estudo da OMS (Organização Mundial da Saúde), 80% da população mundial têm, teve ou terá dor nas costas.
www.sositaguare.blogspot.com

sexta-feira, 28 de abril de 2017

RODA DE CAPOEIRA ULTIMA SEXTA FEIRA DO MÊS DE ABRIL , NA ASSOCIAÇÃO DE CAPOEIRA SENZALA , MESTRE SOMBRA .

Dia 28.04.2017
ASSOCIAÇÃO DE CAPOEIRA SENZALA MESTRE SOMBRA .
Rua Bráz Cubas nro 227 , altos .
Vila Nova Santos - SP.
Ultima sexta feira do mês ,
Convida Mestres e capoeiristas .
Vamos vadiar .
Muito Axé e Capoeira .

www.sositaguare.blogspot.com

28.04.2017 - LIXO RECICLADO TRABALHO ESCRAVO PARA CRISTÃOS , MULHERES E CRIANÇAS , TRISTE VISÃO , MUNDO CRUEL NOS DIAS ATUAIS .

O cenário é assustador e o cheiro insuportável para quem não vive ali, e todo esse lixo é devido a cidade não ter um eficiente sistema de coleta de lixo, apesar de ter uma população de quase 20 milhões de pessoas. Noventa por cento dos habitantes de Manshiyat Naser, são cristãos coptas, e estão fazendo a coleta de lixo da cidade nos últimos 70 anos. Esses coletores de lixo informais, chamados de Zabbaleen (palavra que significa literalmente “pessoas do lixo”) recolhem o lixo dos moradores do Cairo, em um serviço de porta a porta em troca de uma pequena taxa e depois transportam todo o lixo por carrinhos puxados por tração animal ou em camionetes literalmente caindo aos pedaços para Manshiyat Naser.
Uma vez em suas casas, eles classificam o lixo, onde o que não é reciclado vira comida para os porcos e o restante é queimado. A coleta do lixo é tradicionalmente o trabalho dos homens, enquanto a classificação fica para as mulheres e crianças. Embora antiquada, a eficiência do sistema de reciclagem dos Zabbaleens é notável. Quase 80% do lixo é reciclado, o que é quatro vezes a porcentagem que a maioria das empresas de reciclagem em outros países conseguem produzir.
A cena que vi hoje num canal de televisão , me fez pesquisar sobre o tema reciclagem , trabalho escravo com crianças , estudando , junto com moscas , lixo , porcos e o titulo pessoas do lixo , realmente um mundo cruel , que não sabia existir , pois nada é contado em palavras na minha religião Católico , Apostólico , Romano , Cristão nem mesmo sei ao certo sou conhecedor da palavra de Jesus Cristo e seu amor para nossa salvação é o que acredito e tenho fé , pois sei que onde o ser humano ditar suas regras , faz querras , mata com a bandeira do amor , mas sou contra e luto comigo mesmo para mudar a cada dia seguir os ensinamentos de Jesus , amar , tolerar e ter paciência pois acredito em um mundo melhor , paz e amor .
Muita crueldade , um ser humano , que rejeita e taxa pessoas do lixo , pois quem produz o lixo é o próprio ser humano .
"Tudo que o ser humano não conhece ,não existe , por isso , o mundo tem para cada um , o tamanho do seu conhecimento ".
www.sositaguare.blogspot.com 

quinta-feira, 27 de abril de 2017

COLUNA LOMBAR , HÉRNIA DE DISCO E DOR CIÁTICA NOS JOVENS COM MAIS DE 84 PRIMAVERAS , ESTILO DE VIDA INADEQUADO COM HÁBITOS DE FUMAR , BEBER E A FALTA DE EXERCICIOS FISICOS REGULARES E DE UMA ALIMENTAÇÃO SAUDAVEL .


Algumas pesquisas demonstraram que quando as pessoas entendem os problemas e mecanismos causadores de sua dor lombar, seu tratamento será mais eficiente principalmente porque a participação e a colaboração do paciente são fundamentais para a cura. Este informativo tem como objetivo auxiliá-lo a entender melhor o seu problema.
Dor lombar é um problema extremamente comum. Estima-se que 60 a 90% das pessoas vão apresentar este tipo de dor durante algum período da vida.
O prognóstico para a maioria dos casos é bom e a melhora geralmente ocorre com pouca ou até nenhuma participação do médico.
A coluna lombar é uma estrutura complexa que conecta a parte superior do corpo (incluindo peito e braços) à parte inferior (incluindo a pelve e pernas).
Esta importante parte da coluna oferece tanto mobilidade quanto força. A mobilidade permite movimentos de rodar, girar ou abaixar-se; e a força permite ficar em pé e andar, além de levantar e carregar coisas. O funcionamento apropriado da coluna lombar é necessário para quase todas as atividades cotidianas.  Dor na coluna lombar pode restringir as atividades e reduzir a capacidade de trabalho e a qualidade de vida.

O DISCO INTERVERTEBRAL

A coluna espinhal é formada basicamente pelas vértebras, que são estruturas ósseas rígidas, e pelos discos intervertebrais.
Os discos são estruturas macias, gelatinosas e elásticas. Têm alta concentração de água em seu interior.

Os discos ficam localizados entre as vértebras e sua flexibilidade permite que eles alterem sua forma fazendo com que uma vértebra se mova sobre a outra permitindo que a coluna se movimente como um todo. Eles também atuam amortecendo choques e pancadas.
À medida que envelhecemos o conteúdo de água dos discos diminui então ele começa a encolher-se e o espaço entre as vértebras fica mais estreito. Além disso, o disco por si próprio começa a ficar menos flexível.
A doença degenerativa do disco, ligamentos e vértebras da coluna lombar é considerada como uma adaptação anatômica ao desgaste pelo uso contínuo das estruturas envolvidas.
Outras condições que podem enfraquecer os discos incluem:
  • Desgaste pelo uso
  • Excesso de peso
  • Má postura
  • Carregar pesos de forma inadequada
  • Esforço brusco e repentino (stress mecânico)
  • Estilo de vida inadequado com hábito de fumar e a falta de exercícios físicos regulares e de uma alimentação saudável contribuem substancialmente para enfraquecimento do disco

HÉRNIA DE DISCO E DOR CIÁTICA

Às vezes o material gelatinoso do disco desloca-se de sua posição normal. Este deslocamento é chamado de hérnia de disco. Se o disco toca e pressiona uma raiz nervosa a pessoa sente dor em uma das pernas (dor ciática). Ocasionalmente a dor pode irradiar para as duas pernas.

A dor lombar, na maioria das vezes, é o sintoma inicial, podendo ser vaga e difusa, mas geralmente melhora com o repouso.
Algumas vezes pode ser fortemente incapacitante, associada a espasmo muscular e agravada por qualquer tipo de movimento.
Depois de alguns dias ou semanas ocorre algum alívio da dor lombar. Aparece, então, uma dor progressiva e desagradável, na nádega e parte posterior ou lateral da coxa e perna. É a chamada “dor ciática” ou “ciática”.
Geralmente piora quando o paciente senta, fica em pé ou anda. Também quando tosse, espirra ou evacua. Geralmente, ela é aliviada quando a pessoa se deita.
Algumas pessoas ocasionalmente podem sentir câimbras, dormência e formigamento que irradiam até o pé.

OPÇÕES DE TRATAMENTO

Após o médico ter realizado os exames necessários para a identificação do problema na coluna lombar, o tratamento deverá então ser iniciado. Várias opções de tratamento estão disponíveis, e elas podem ser subdivididas em duas categorias:
  • Tratamento “conservador”
  • Tratamento cirúrgico

TRATAMENTO CONSERVADOR

Este termo tem sido utilizado para definir todo tratamento que não envolve cirurgia. Com pequenas adaptações, abordagens similares podem ser usadas tanto para pacientes com dor lombar apenas, quanto para pacientes com hérnia de disco e ciática. A maioria dos pacientes pode ser tratada de forma segura e eficaz modificando suas atividades cotidianas e utilizando alguma medicação para alívio da dor e diminuição da inflamação.

A maioria das pessoas necessita somente de um curto período de tratamento que consiste em: repouso na cama por uma a duas semanas com atividades restritas a caminhadas mínimas até o banheiro e às áreas de alimentação, com nenhuma atividade física desgastante ou árdua.
Analgésicos: para o período inicial de tratamento, narcóticos leves e relaxantes musculares podem ser administrados; eles não devem ser utilizados por mais do que duas a três semanas, quando então antiinflamatórios não esteróides devem ser instituídos, a menos que tenham contra-indicações.
Educação: postura correta, posições adequadas para dormir (deitar de lado com um travesseiro entre os joelhos, que devem estar semi-fletidos; uso de colchão firme), maneiras corretas de inclinar-se para frente, carregar pesos, pegar objetos no chão, etc.
Uso de colete lombo-sacral. Deve ser utilizado criteriosamente com supervisão do médico. Aumenta a sustentação da região lombar aliviando a dor, porém seu uso prolongado pode causar fraqueza da musculatura desta região e agravar o problema no longo prazo.
Após o alívio dos sintomas recomenda-se o retorno progressivo às atividades habituais e início gradual de exercícios não vigorosos, como caminhadas e hidroginástica.
Entretanto, estas orientações não são absolutas e só o seu neurocirurgião poderá fazer um julgamento sobre qual tratamento é mais apropriado para o seu caso e qual não é recomendável.
Após uma a duas semanas de repouso, o benefício máximo é alcançado, então os problemas relacionados à imobilidade (fraqueza muscular, rigidez articular...) podem aparecer. Nesta fase, um programa de fisioterapia motora pode ser considerado. Recomenda-se a avaliação de um fisioterapeuta, pois sua participação é fundamental. A terapia inicial geralmente compreende:
  • Exercícios de fortalecimento.
  • Terapia com calor profundo (também conhecido como “ultra-som”).
Aplicações de calor superficial e massagem leve podem proporcionar conforto para o paciente, mas não têm valor terapêutico real. Trações não são recomendadas.
Injeções de esteróides epidurais (bloqueio ou infiltração) podem ser úteis em certos pacientes com sintomas leves ou moderados.
Altas doses de vitaminas têm sido prescritas por alguns, mas faltam provas científicas do seu valor terapêutico.
Após a melhora do episódio inicial de dor, um programa de reabilitação deve ser iniciado para aumentar a força muscular lombar e abdominal, melhorar a estabilização da coluna lombar e exercícios de alongamento para melhorar a flexibilidade.
Os efeitos naturais do envelhecimento que resultam em diminuição da massa óssea e diminuição da força e elasticidade dos músculos e ligamentos, não podem ser evitados. Entretanto, eles podem ser retardados.
No longo prazo, recomenda-se a manutenção do condicionamento físico. Deve-se evitar o sedentarismo, a obesidade e o tabagismo, pois estes fatores aumentam a chance de recorrência de dor lombar.

TRATAMENTO CIRÚRGICO

Cerca de 80% dos pacientes com hérnia de disco aguda vão melhorar sem intervenção cirúrgica; entretanto, quando houver uma indicação médica definida, não se deve adiar.
Após a cirurgia o paciente é capaz de voltar ao trabalho em cerca de duas a seis semanas.
Há três indicações geralmente aceitas para uma intervenção cirúrgica:
  • Pacientes sem alívio satisfatório da dor ciática através do tratamento conservador (a indicação mais comum). A maioria dos pacientes desta categoria deve ter sintomas por pelo menos um mês, deve ter feito um repouso absoluto na cama por pelo menos uma semana ou mais sem melhora, antes que o tratamento conservador seja abandonado.
  • Pacientes com fraqueza significativa em algum músculo da perna ou do pé devem ser operados precocemente.
  • Recorrência de episódios de dor lombar e ciática incapacitantes que impedem o paciente de levar uma vida normal.
  • “Síndrome da cauda eqüina”. Identificada pelo médico esta condição requer cirurgia de urgência para evitar seqüelas permanentes.

OPÇÕES DE TRATAMENTO CIRÚRGICO

Atualmente o tratamento cirúrgico é muito seguro.
O neurocirurgião é o médico com treinamento adequado no diagnóstico e tratamento de patologias da coluna vertebral.
Ele dispõe de materiais e equipamentos modernos que tornam o seu trabalho cada vez mais eficiente. Um exemplo é o microscópio cirúrgico. Possibilita as chamadas microcirurgias, que são operações extremamente precisas.
Um resultado cirúrgico satisfatório ocorre quando se utiliza uma técnica cirúrgica mais fina e meticulosa.
Uma vez que se decidiu pelo tratamento cirúrgico, as opções incluem:
  • Microcirurgia: quando é utilizado o microscópio cirúrgico.
A microcirurgia possibilita incisões menores e recuperação mais rápida. Diminui o sangramento, o período de hospitalização e de recuperação.
Proporciona menor mobilização das estruturas nervosas minimizando a reação inflamatória. Atualmente é considerada a melhor opção.
  • Laminectomia tradicional: procedimento semelhante, porém sem o auxílio do microscópio.
  • Rizotomias por radiofreqüência: diferente das infiltrações de analgésicos e antiinflamatórios citadas acima, nas rizotomias o médico cauteriza pequenos nervos que se localizam nas articulações da coluna através de agulhas inseridas em pontos estratégicos. Trata-se de um procedimento simples e seguro que pode trazer grande alívio para alguns pacientes selecionados pelo neurocirurgião, principalmente aqueles que apresentam dor lombar intensa. Em geral é realizado com o paciente internado por um período curto de 24 horas. O alívio é imediato.
  • Artrodeses: são fixações da coluna por meio de parafusos e outros materiais. Têm como objetivo estabilizar a coluna quando o paciente apresenta problemas de desalinhamento ou perda de firmeza nas vértebras, articulações ou ligamentos.
Apresentou enorme evolução nos últimos anos com o desenvolvimento de equipamentos sofisticados e uso de materiais nobres como o titânio. Quando bem empregadas as artrodeses apresentam o tratamento ideal para os pacientes nos quais elas são indicadas.
  • Cirurgia endoscópica ou “minimamente invasiva”, laser, injeções de substâncias no interior do disco, dentre outras. São procedimentos ainda controversos e em desenvolvimento que, provavelmente no futuro, terão um papel importante no tratamento.

CONCLUSÃO

Diante de um problema de dor lombar ou hérnia de disco existem hoje diversas soluções. Recomendamos que você converse com seu médico para a escolha da melhor alternativa para o seu caso.
É bom lembrar que os tratamentos variam bastante de paciente para paciente, por isso a experiência do neurocirurgião é fundamental para definir qual a melhor estratégia de tratamento. O nosso objetivo é fazer você retornar às suas atividades habituais solucionando seu problema da melhor forma possível.
www.sositaguare.blogspot.com

quarta-feira, 26 de abril de 2017

PAGÉ BEM ANTES DO DESCOBRIMENTO DO BRASIL , A ESPIRITUALIDADE DOS INDIOS .


Pajés guaranis em dança festiva, 2007
pajé é uma pessoa de destaque em certas tribos indígenas, são curandeiros, tidos como portadores de poderes ocultos ou orientadores espirituais.

Terminologia[editar | editar código-fonte]

Segundo o dicionário Aurélio é uma palavra de origem tupi, adotada como termo das disciplinas antropologia e etnologia brasileira que designa o especialista ritual que, nas comunidades indígenas brasileiras, tem a atribuição ou o suposto poder referido ao de comunicar-se com as diversas potências e seres não humanos (espírito de animais, de pessoas mortas, etc.) tendo como sinonímia os termos: xamã, manda-chuva, benzedor e curandeiro. Outras terminologias se aplicam: caraíbas, paié, pagi, pay, payni, pai [1] [2]

Funções[editar | editar código-fonte]

Assim como os xamãs, podem assumir o papel de médicos, sacerdotes e fazer uso de plantas para fins medicinais ou invocação de entidades. Normalmente, o conhecimento da utilização da planta correta para cada caso ou situação é passado de geração em geração, trazendo assim uma responsabilidade para o pajé da tribo. Alguns índios acreditam que os pajés têm ligações diretas com os deuses, sendo representantes escolhidos pelos deuses para passar a profecia ao povo.[1]

Bem antes do descobrimento do Brasil , tribos já adoravam seus Deuses , curavam e invocavam espiritos sem conheçer a religião .
O respeito com a mãe naturesa , Matas , Sol , Lua , estrêlas , rios , lagos , mangues e mares .
Estão presentes a espiritualidade desde épocas remotas , pré-história .
Ai tem aqueles , que dizem que Jesus não tinha religião , e dai o que importa foram os seus ensinamentos , talvez com intuito que acordasem , morreu por nós para nossa salvação , foi um martir sua bandeira o amor .
Ainda neste mundo , matam por causa da religião , talvez não acreditem em nada ainda esperam o messias .
Desde que veio ao mundo nada mudou , antes por falta de comunicação , atualmente porque as religiões se multiplicaram com várias ramificações e cada qual com a sua prioridade , tese , ego .
Humanos preocupados com humanos constroem , muros para deter invasores humanos , além de guerras com orgivas nucleares cada vez mais potentes , capaz de acabar com o Planeta Terra milhares de vezes , este é o ser inteligente a espera do salvador .

www.sositaguare.blogspot.com

terça-feira, 25 de abril de 2017

RADIAÇÃO INFRAVERMELHO


InfravermelhoCiclos por segundo: 300 GHz a 400 THz
Comprimento de onda: 1 mm a 700 nm
Cão visto com infravermelho.
radiação infravermelha (IV) é uma radiação não ionizante na porção invisível do espectro eletromagnético que está adjacente aos comprimentos de ondas longos, ou final vermelho do espectro da luz visível. Ainda que em vertebrados não seja percebida na forma de luz, a radiação IV pode ser percebida como calor, por terminações nervosas especializadas da pele, conhecidas como termorreceptores. Esta radiação é muito utilizada nas trocas de informações entre computadores, celulares e outros eletrônicos, através do uso de um adaptador USB IrDA.[1]

Descoberta[editar | editar código-fonte]

A radiação infravermelha foi descoberta em 1800 por William Herschel, um astrônomo inglês de origem alemã. Herschel colocou um termômetro de mercúrio no espectro obtido por um prisma de cristal com o a finalidade de medir o calor emitido por cada cor. Descobriu que o calor era mais forte ao lado do vermelho do espectro, observando que ali não havia luz. Esta foi a primeira experiência que demonstrou que o calor pode ser captado em forma de imagem, como acontece com a luz visível.

Efeitos biológicos[editar | editar código-fonte]

A radiação IV está dividida segundo seus efeitos biológicos, de forma arbitrária, em três categorias: radiação infravermelha curta (0,8-1,5 µm), média (1,5-5,6 µm) e longa (5,6-1.000 µm). Os primeiros trabalhos com os diferentes tipos de radiação IV, relatavam diferenças entre as formas de ação biológicas do infravermelho curto e médio/longo (Dover et al., 1989). Acreditava-se que a radiação curta penetrava igualmente na porção profunda da pele sem causar aumento marcante na temperatura da superfície do epitélio, enquanto que a maior parte da energia do infravermelho médio/longo era absorvida pela camada superior da pele e frequentemente causasse efeitos térmicos danosos, como queimaduras térmicas ou a sensação de queimação (relato de pacientes). Alguns anos mais tarde, contudo, uma nova visão do infravermelho médio/longo foi apresentada demonstrando que todas as faixas da radiação infravermelha possuem efeitos biológicos de regeneração celular.[2][3][4]
Estudos in vitro com infravermelho curto, em células humanas endoteliais e queratinócitos demonstraram aumento na produção de TGF-β1 (fator de transformação- β1) após uma única irradiação (36-108J/cm2) e de forma tempo-dependente para o conteúdo de MMP-2 (matriz metaloproteínase-2), sendo este último tanto ao nível proteico quanto transcricional. Essas duas proteínas estão envolvidas na fase de remodelação do reparo de lesões. E esses efeitos foram considerados atérmicos em sua natureza, já que os modelos usados como controle térmico não apresentaram aumento na sua expressão proteica.[1]
Experimentos com ratos diabéticos, demonstraram uma aceleração na taxa de fechamento da ferida com exposições diárias de infravermelho curto em relação aos grupos controle, apresentando um aumento de temperatura de aproximadamente 3,6 °C após 30 minutos de exposição.[1]
A utilização de LEDs (Light Emitting Diode – diodos emissores de luz) de infravermelho curto demonstrou reversão dos efeitos do TTX (tetrodotoxina), um bloqueador dos canais dependentes de sódio, e portanto, um bloqueador de impulso nervoso; assim como a redução nos danos causados à retina por exposição ao metanol em camundongos[5][6]
Já experimentos com o IV longo demonstraram inibição do crescimento tumoral em camundongos e melhoria no tratamento de escaras em situações clínicas.[7] Também foi demonstrado aumento do processo regenerativo em camundongos sem que houvesse aumento da circulação sanguínea durante os períodos de irradiação ou aumento na temperatura do epitélio. Outros dados demonstram um aumento das infiltrações de fibroblastos no tecido subcutâneo, em camundongos tratados com o infravermelho longo, em relação aos animais controle e uma maior regeneração de colágeno na região lesada, assim como na expressão de TGF- β1. Da mesma forma, a radiação IV foi capaz de provocar aumento na angiogênese no local das lesões e aumento na força tênsil do epitélio em regeneração[8][9][10]
Lasers de baixa potência, (comprimento de onda variando de 630-890 nm) como os de hélio-néon e argônio demonstraram, in vivo, a ativação de uma ampla gama de processos de cura de feridas, tais como a síntese de colágeno, proliferação celular[11] e motilidade de queratinócitos.[12]
Ainda que haja diferenças entre as fontes de radiação IV; (lasers, raio coerente de comprimento de onda específico e lâmpadas, raios aleatórios de luz não polarizada), seus efeitos bioestimulatórios são os mesmos em se tratando do infravermelho curto.[1] Contrariando a ideia inicial de que o IV longo possuísse efeitos deletérios, atualmente acredita-se que sua forma de ação bioestimulatória seja semelhante as dos lasers de baixa potência e a radiação IV curta.[13]
Experimentos utilizando LED de IV, os quais trabalham com geração praticamente zero de calor, levam a acreditar que além do efeito regenerativo provocado pelo calor existe ainda um efeito bioestimulatório regenerativo decorrente de um processo não-térmico. Contudo, esse processo ainda não é bem compreendido.[14]
A premissa básica é que as radiações eletromagnéticas de comprimentos de onda longos estimulam o metabolismo energético das células, assim como a produção de energia. Existem três moléculas fotoaceptoras de radiação infravermelha em mamíferos, conhecidas por absorverem o comprimento de onda do infravermelho curto: hemoglobinamioglobina e citocromo c oxidase. Dessas moléculas fotoaceptoras, acredita-se que os cromóforos mitocondriais sejam responsáveis pela absorção de 50% do infravermelho curto, através do citocromo c oxidase[14][15][16]

www.sositaguare.blogspot.com

segunda-feira, 24 de abril de 2017

1964 À 23.04.2017 GISELE BARBOSA MUNIZ , PAZ & AMOR DE JESUS .

Uma grande guerreira que , passou pela minha vida como o vento e como o gelo derreteu e foi embora .
Mas apesar do passar dos anos , nunca esqueci daquele amor tão mal correspondido , hoje triste sinto e nesta insônia que me atormentou está noite , lembrar algo que o tempo , não leva a lembrança do amor e dos dias felizes presentes e passados nesta vida passageira .
Quando você está exausta, sentindo-se pequena
Quando as lágrimas estiverem em seus olhos
Eu enxugarei todas elas
Estou ao seu lado
Quando os tempos se tornarem tempestuosos
E os amigos simplesmente não podem ser encontrados
Como uma ponte sobre águas turbulentas
Eu me estenderei
Oh, como uma ponte sobre águas turbulentas
Eu me estenderei
Quando você está pra baixo e desligada
Quando você está nas ruas
Quando a noite cair, de forma tão dura
Eu te confortarei
Eu assumirei sua parte
Quando a escuridão vier
E a dor está toda ao redor
Sim, como uma ponte sobre águas turbulentas
Eu me deitarei
Oh, como uma ponte sobre águas turbulentas
Eu me deitarei
Navegue, garota prateada,
Navegue o seu caminho
Seu tempo de brilhar chegou
Todos os seus sonhos estão a caminho
Veja como eles brilham
Oh, se você precisar de um amigo?
Eu estou navegando bem atrás de você
Sim, como uma ponte sobre águas turbulentas
Eu aliviarei sua mente
Como uma ponte sobre águas turbulentas
Eu aliviarei sua mente.
Composição: Paul Simon
Interprete: Elvis Presley
GISELE BARBOSA MUNIZ 
1964 À 23.04.2017 DESCANSE NA PAZ E AMOR DE JESUS 
MEU AMOR .
www.sositaguare.blogspot.com

domingo, 23 de abril de 2017

DIA 23.04.2017 SALVE OGUM , SÃO JORGE AS ARMADURAS PROTEJAM A TODOS NECESSITADOS E ENFERMOS .


Ogum
Ogum incorporado em terreiro de candomblé de Salvador
Ogundelê
deus da guerra, agricultura, ferro, metais e tecnologia
PaisOxalá e Iemanjá
IrmãosOxóssi e Exu
CônjugesIansã e Oxum
armaespada
sincretismoSão Jorge e Santo Antônio
Ogum ou Ogulê[1] (em iorubáÒgún) é, na mitologia iorubá, o orixá ferreiro,[2] senhor do ferro, da guerra, da agricultura e da tecnologia. O próprio Ogum forjava suas ferramentas, tanto para a caça, como para a agricultura e para a guerra. Na África, seu culto é restrito aos homens, e existiam templos em OndoEkiti e Oyo. Era o filho mais velho de Oduduwa, o fundador de Ifé, identificado no jogo do merindilogun pelos odus etaogundaodi e obeogunda, representado materialmente e imaterial no candomblé através do assentamento sagrado denominado igba ogun.
Ogum é considerado o principal orixá a descer do Orun (o céu) para o Aiye (a Terra) após a criação, um dos semideuses visando a uma futura vida humana. Em comemoração a tal acontecimento, um de seus vários nomes é Oriki ou Osin Imole, que significa o "primeiro orixá a vir para a Terra". Ogum foi provavelmente a primeira divindade cultuada pelos povos yorubá da África Ocidental. Acredita-se que ele tenha wo ile sun, que significa "afundar na terra e não morrer", em um lugar chamado 'Ire-Ekiti'.
É também chamado de ÒgúnOgounGuOgun e Oggún. Sua primeira aparição na mitologia foi como um caçador chamado Tobe Ode.[3]

Etimologia[editar | editar código-fonte]

"Ogum" é um termo procedente da língua iorubá.[1]

Família[editar | editar código-fonte]

Assentamento de Ogum no candomblé
É filho de Oduduwa e Yemu. Ogum é o filho mais velho de Odudua, o herói civilizador que fundou a cidade de Ifé. Quando Odudua esteve temporariamente cego, Ogum tornou-se seu regente em Ifé. Ogum é um orixá importantíssimo na África e no Brasil. Sua origem, de acordo com a história, data de eras remotas. Ogum é o último Igbá imolé. Os Igba Imolé eram os duzentos orixás da direita que foram destruídos por Olodumaré após terem agido mal. A Ogum, o único Igba Imolé que restou, coube conduzir os Irun Imole, os outros quatrocentos orixás da esquerda.
Foi Ogum quem ensinou aos homens como forjar o ferro e o aço. Ele tem um molho de sete instrumentos de ferro: alavancamachadoenxadapicaretaespada e faca, com as quais ajuda o homem a vencer a natureza.

O guerreiro[editar | editar código-fonte]

Era um guerreiro que brigava sem cessar contra os reinos vizinhos. Dessas expedições, ele trazia sempre um rico espólio e numerosos escravos. Guerreou contra a cidade de Ará e a destruiu. Saqueou e devastou muitos outros estados e apossou-se da cidade de Irê, matou o rei, aí instalou seu próprio filho no trono e regressou glorioso, usando ele mesmo o título de Oníìré, "Rei de Irê". Tem semelhança com o vodum Gu.

Arquétipo[editar | editar código-fonte]

De acordo com Pierre Verger, o arquétipo de Ogum é o das pessoas fortes, aguerridas e impulsivas, incapazes de perdoar as ofensas de que foram vítimas.[4] Das pessoas que perseguem energicamente seus objetivos e não se desencorajam facilmente.[4] Daquelas que, nos momentos difíceis, triunfam onde qualquer outro teria abandonado o combate e perdido toda a esperança.[4] Das que possuem humor mutável, passando de furiosos acessos de raiva ao mais tranqüilo dos comportamentos.[4] Finalmente, é o arquétipo das pessoas impetuosas e arrogantes, daquelas que se arriscam a melindrar os outros por uma certa falta de discrição quando lhe prestam serviços, mas que, devido à sinceridade e franqueza de suas intenções, tornam-se difíceis de serem odiadas.[4]
Ogum no ritual do sacrifício no candomblé do Ile Ase Ijino Ilu Orossi

Aspecto[editar | editar código-fonte]

Representa o solitário hostil que vaga pelos caminhos. Suas cores são o azul e branco ou branco e vermelho.
No candomblé, Ogum é o orixá ferreiro, dono de todos os caminhos e encruzilhadas junto com Exu. Suas cores são o azul-cobalto e o verde. Na umbanda, sua cor é o vermelho.

Diferentes mitologias[editar | editar código-fonte]

Tradicionalmente um guerreiro, Ogum é visto como uma poderosa divindade dos trabalhos em metal e senhor da guerra, semelhante à Ares na mitologia grega e Ganesha na mitologia hindu. E poderoso e triunfal, mas também exibe a raiva e destrutividade do guerreiro cuja força e violência pode virar contra a comunidade que ele serve. Dá força através da profecia e magia, e é procurado para ajudar as pessoas a obter mais um governo que dê resposta às suas necessidades.

Candomblé[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Candomblé
Na tradição religiosa afro-brasileira candomblé, Ogum (como é conhecida essa divindade iorubá no idioma português) é frequentemente sincretizado com São Jorge. Isto acontece, por exemplo, nos estados do Rio Grande do Sul e Rio de Janeiro. No entanto, Ogum também é sincretizado por Santo Antônio, como frequentemente é feito na região nordeste do Brasil, por exemplo na Bahia.
Qualidades de Ogum
  • Akoro
  • XoróKè
  • Warim
  • Méjè
  • Omini
  • Olode
  • Onírè
  • Alágbède
 
Sete folhas mais utilizada para Ogum
 
Características

Cuba[editar | editar código-fonte]

Dentro dessas crenças, Ogum é dono dos montes junto com Oshosi e dos caminhos junto com Eleggua. Representa o solitário hostil que vaga pelos caminhos. É um dos quatro orixás guerreiros. Suas cores são o verde e o preto. Ogum é considerado o Orixá dos ferreiros, das guerras, da tecnologia é violento e interessante.
Na mitologia Fon, Gu é o deus da guerra e patrono da deidade dos ferreiros e dos artesãos. Ele foi enviado à Terra para torná-la um local agradável para as pessoas viverem, e ele ainda não terminou sua tarefa.

Haiti[editar | editar código-fonte]

No HaitiOgoun é um lwa cultuado no vodun haitiano.
Símbolo do Vodun Ogoun
A maioria dos africanos que foram levados como escravos para o Haiti eram da Costa da Guiné da África ocidental, e seus descendentes são os primeiros praticantes de vodou (aqueles africanos trazidos ao sul dos Estados Unidos eram primeiramente do reino de Congo). A sobrevivência do sistema da crenças no novo mundo é notável, embora as tradições mudem com o tempo. Uma das maiores diferenças, entretanto, entre o vodun africano e o Haitiano é que os africanos transplantados do Haiti foram obrigados a disfarçar o seu lwa, ou espíritos, como santos católicos romanos deste país, como Santiago Maior, num processo chamado sincretismo.

Outras características[editar | editar código-fonte]

Seus "filhos" aqui na Terra são pessoas fortes, que lutam na vida, são pessoas guerreiras que não descansam por nada, sempre ativas, combatem tudo. São verdadeiros peões. São pessoas corajosas, sem medo de se arriscar. São sérias e perseverantes.

www.sositaguare.blogspot.com